Look: 90

November 19, 2014 em Looks

Com uma pegada grunge da década de 1990, nesse look usei saia xadrez, top cropped da Oasap, coturnos e jaqueta de couro. Optei por um rabo de cavalo alto para variar e dar um toque fofo. Ao invés de carregar o look com muitos acessórios preferi destacar só os óculos de armação branca, a choker com pingente de lua e a clutch.

Adoro ver fotos de famosas e pessoas da minha família nos anos 90. Apesar da minha mãe falar que não foi a melhor década em relação a estilo, eu fico encantada. Principalmente em relação ao estilo grunge, que voltou forte nos últimos anos. E vocês, gostam?

Top: Oasap - Saia: feita sob medida – Jaqueta: Sheinside – Choker: B.Cause

Clutch: vintage – Óculos: OasapCoturnos: vintage

Fotografei ontem e como o tempo estava gostoso, nem quente e nem frio, a jaqueta não esquentou. Mas preferi não usar meia-calça, mesmo achando que ficaria legal, porque iria parecer look de inverno. Adorei o top por ser versátil e ter bojo. Nos dias bem quentes vou usar muito ele!

Algumas pessoas me perguntaram se eu cortei o cabelo e eu disse que não. Foi o jeito que prendi que encurtou. Não tenho coragem nem vontade de diminuir o comprimento! Gosto dele assim.

Gostaram do look? Tive a impressão de que fazia muito tempo que não postava looks assim que não fossem Looks da Semana! O último foi no mês passado! Preciso fotografar mais… Espero que tenham ficado inspiradas! Beijos.

Looks da Semana #7

November 16, 2014 em Looks da Semana

Vocês devem ter reparado que não postei os looks da semana retrasada. Queria explicar que tive que resolver muitas coisas e sair bem cedo de casa então acabei não parando para tirar fotos. Lembro que só na quinta retrasada consegui fazer as coisas com calma, mas não adiantaria e nem teria graça postar só um look. Por isso acabei preferindo não publicar nada. Mas na semana passada consegui tirar fotos, então aqui estou eu como prometido!

- Segunda

Usei camiseta nova que na verdade é masculina, mas fiquei tão apaixonada por ela que não resisti. Ela é da Blue Steel e até dá para usar como vestido, mas para o curso optei por uma legging por baixo. Usei meu chapéu preferido mesmo sendo de noite. Não achei estranho porque para mim um chapéu não é só para proteger a cabeça do sol e sim um acessório como boné e touca. A choker com pingente de lua é da minha loja!

- Terça

Na terça estava louca para usar o chapéu floppy! Queria um look com peças básicas, mas com vários acessórios. Por isso escolhi blusa preta básica da Front Row, calça azul marinho da Blue Steel e sapatilhas Satinato. Saí mais cedo de casa então o dia ainda estava claro, por isso os óculos.

- Quarta

Na quarta eu estava bem básica. Usei suéter (que é bem levinho e fininho) da Oasap, calça preta da Blue Steel e botas Bottero. Acho que o que deu um diferencial foi a textura do suéter que é mesclada. Esse é um look bem simples que vai bem em quase todos os lugares e é super confortável.

- Quinta

E na quinta também optei pelos básicos. Blusa burgundy e calça azul marinho ambas da Blue Steel, jaqueta da Sheinside e botas Satinato. Fiquei meio irritada e apressada para ficar pronta logo então nem pensei em acessórios ou em um complemento. Mas acabei gostando desse look.

Gente, só fui perceber que o espelho estava meio sujo na hora de editar as fotos. Nos próximos looks ele já não vai estar mais assim! Eu diria que em geral eu estava bem básica na semana que acabou de passar, mas às vezes é bom optar pelo simples e confortável. Gostaram? Beijos.

5 coisas aleatórias que estou aprendendo no curso

November 15, 2014 em Comportamento

Como vocês sabem estou fazendo curso técnico em Produção de Moda no Senac desde setembro. Estou muito apaixonada e parece que cada aula é uma aventura nova! Não imaginava o quanto me faria bem não só profissionalmente, mas na vida pessoal também. Como o título do post diz, pensei em 5 coisas que estou aprendendo no curso, mas não exatamente relacionadas a moda. São coisas que servem e se aplicam no dia a dia, no comportamento, em relacionamentos, em tudo na verdade.

1) Quando você pensa que sabe tudo descobre que não sabe nada

Isso mesmo. Geralmente quando a gente gosta e pesquisa bastante sobre um determinado assunto pensa que já sabe tudo e que não precisa de mais novidades e informações. Mas a verdade é que a gente nunca sabe de tudo, não importa sobre o quê. Estamos sempre aprendendo sobre coisas novas e redescobrindo o que achávamos que éramos craques. É o tipo de frase que minha mãe adora repetir. E ela está certa. Por isso é importante abrir a cabeça e querer aprender sempre mais. Como meus professores dizem, conhecimento nunca é demais.

2) Deixe o preconceito e preferências de lado

Às vezes a gente julga alguma coisa por não se identificar. Acaba vendo só o lado ruim e nem dando chance para o lado bom. Como quando alguém te mostra a foto de uma roupa que gostou, você olha por 2 segundos e diz que é feia porque é laranja e você não gosta de laranja. Mas se parar para pensar o que é feio? E o que é bonito? Para cada pessoa é uma resposta e isso quer dizer que ninguém está realmente certo. Então antes de julgar alguma coisa a gente tem que analisar, ouvir a opinião de outras pessoas e depois dizer a sua. Isso não quer dizer ser influenciável, quer dizer ser aberto. Na moda isso é muito importante, assim como em qualquer área ou situações do dia a dia.

3) Pessoas interessantes estão em todo lugar

Sabe quando você vai em algum evento que acha que vai ser chato, não espera se enturmar muito e de repente você sai de lá já com contatos anotados na agenda e um grande sorriso? Não é sempre que acontece, mas às vezes a gente não coloca muita expectativa e acaba se surpreendendo no final. No curso, além das pessoas que estudam e dão aula, estou conhecendo ícones da história e que são grandes inspirações. Não importa se não vivi na mesma época, passei pelas mesmas situações e se vi pessoalmente, mas é interessante ouvir sobre a história de cada uma. É importante estar positiva e aberta a novas amizades, porque pode ser que alguém que você menos espera se aproximar se torne importante na sua vida.

4) Com muito esforço e dedicação você consegue chegar onde quer

Adoro ouvir histórias de pessoas que tiveram uma vida simples e difícil, mas conseguiram dar a volta e conquistar o sucesso. Toda vez que ouço alguém contando sobre uma superação ou uma conquista fico muito inspirada. Isso me faz bem. É normal reclamar da vida e do meio que vive, jogar a culpa em alguma coisa ou alguém sobre não ter conseguido o que queria. Mas se pessoas que viveram em lugares, tiveram famílias, trabalhos e desafios piores do que os meus porque continuar a reclamar? Todo mundo pode chegar onde quer, basta se dedicar e lutar por isso. Eu penso nisso todos os dias e tento encontrar a direção certa para realizar minhas metas e sonhos. Já comentei em um vídeo que as pessoas que mais admiro são os meus pais, porque vejo a luta deles, a dedicação e força que tem de sempre dar o melhor para mim e para os meus irmãos. Então tento usar essa inspiração e admiração para ficar mais forte.

5) Ter referências e identidade própria é super importante

Tudo que passei durante a vida, o que ouvi, aprendi, li, assisti, errei, conheci e entendi formaram a minha personalidade. Isso tudo conta no trabalho e é muito importante para dar o toque pessoal. Esse toque é o que diferencia cada pessoa. Por isso é importante ter referências de todos os tipos e assuntos variados. Quanto mais você souber mais rápido descobrirá a própria identidade.

Queria falar de coisas que vale para todo mundo independente da área que trabalha, estuda e gosta. Essas 5 coisas não descobri agora, claro, mas quanto mais estudo mais percebo o quanto elas são importantes. O post é mais para inspirar e se identificar, então espero que tenha conseguido isso! E vocês, o que aprenderam no curso ou trabalho que vale para tudo no dia a dia e para qualquer pessoa? Beijos.

Inspiração: preto e branco geométrico

November 12, 2014 em Moda feminina

De acordo com desfiles de grifes de Nova Iorque as estampas geométricas em preto e branco estarão em alta no Verão 2015. Mas não é por ser uma tendência que resolvi postar inspirações aqui no blog e sim porque o preto e branco é um clássico que todo mundo ama. Além disso, o minimalismo tem estado mais presente nos looks de fashionistas do mundo inteiro.

Para os dias em que necessitamos de peças simples, seja na modelagem ou nas cores, as estampas geométricas dão um toque a mais de um jeito fácil. Elas quebram o básico, assim como as margaridas com fundo preto (tem post inspiração). Juntei referências tanto para o dia a dia quanto para festas e eventos. Vale lembrar que as listras também fazem parte, mas o diferencial agora é que elas aparecem assimétricas, cruzadas e às vezes bagunçadas.

O chevron, que é a estampa zig zag, também faz parte. Se tem linhas, quadrados, triângulos e bolas podem ser consideradas estampas geométricas, mesmo se estiverem discretas. Se você não tem alguma peça nessa estampa vale combinar peças listradas com direções diferentes (por exemplo, camiseta de listras verticais com saia de listras horizontais) ou que tem variações na espessura (listras mais finas com outras mais grossas). Assim você cria uma combinação inusitada aproveitando as peças que já tem. 

Algumas pessoas acham difícil combinar, mas se for uma peça só como um macacão ou vestido é impossível errar. A peça sozinha já quase completa o look, só investir nos acessórios e sapatos discretos.

Mesmo fazendo bastante calor nessas últimas semanas sempre tem um dia que a temperatura cai. Se você sempre sai de noite sabe que é bom carregar um cardigã, suéter ou jaqueta leve. Por isso coloquei algumas inspirações de frio e meia-estação sim. Às vezes as peças não precisam ser totalmente estampadas podem aparecer só com símbolos e figuras geométricas localizadas (como no primeiro look da última colagem).

Não acho que seja uma tendência que aparece e some logo. Em anos anteriores a geometria apareceu forte várias vezes. Acho que acabou se tornando atemporal para as pessoas “reais”, assim como as listras. Não gosto de apostar em tendências que vem com tudo, todo mundo usa e de repente se torna banal. Então esse post é mais como inspiração para quem gosta de estampas em preto e branco. 

Fazia um tempo que não publicava um post inspiração. Mas a verdade é que às vezes a gente só precisa disso, de alguma coisa simples que inspire. Então espero que tenham gostado! Beijos.