Humildade

December 20, 2014 em Comportamento, Pessoal

Gostaria que vocês soubessem que venho de uma família simples. Simples do tipo que valoriza o amor mais do que o dinheiro, que busca primeiro dar o melhor de si e depois pedir algo em troca, do tipo que trabalha duro pelo que sonha, que não reclama se não tem tudo do bom e melhor. Aprendi desde bem pequena a dividir com meus irmãos quase tudo que ganhava, às vezes isso era chato, mas com o tempo percebi que generosidade é algo muito precioso. Aprendi a dar valor a cada coisa pequena ou comum do dia a dia, como ter comida em casa, ter uma família unida, ter água para beber, ter uma casa para morar e ter a liberdade para fazer o que quero. Nunca vou conseguir agradecer e recompensar 100% de tudo o que meus pais fizeram e ensinaram para mim. Sinto que estou em dívida com eles pelo resto da minha vida, mas isso não me incomoda, pelo contrário, me faz querer conquistar grandes coisas para compartilhar com eles.

Acho engraçado que dizem que a gente só escolhe amigos que nos identificamos e que de alguma forma são bem parecidos tanto na personalidade como na forma de viver. Acho que é verdade. Se eu parar para pensar meus melhores amigos são como eu e é muito difícil ter uma discussão onde não concordamos com alguma coisa. Compartilhamos momentos difíceis e de grandes decisões desde o Ensino Médio, como dificuldade financeira, decepções amorosas, dias tediosos na escola, cansaço, primeiro emprego, início da faculdade e curso, além de muitos outros. Mas também houveram encontros e saídas inesquecíveis que vou guardar na minha memória para sempre. De certa forma acho que a gente atrai quem nos completa e nos apoia, não importa a situação. Sem eles não sei o que seria da minha vida.

Acredito que uma das coisas mais importantes da vida é a humildade. Sei que às vezes algumas pessoas não parecem ter, que nem parecem conhecer essa palavra. Mas a gente se engana fácil pela aparência e gestos. Nem sempre alguém que se veste super bem, que tem um carrão, que mora em uma cobertura, que é podre de rico – e você sabe disso – é enjoado, ganancioso, fútil e desonesto. Pode ser que seja a pessoa mais humilde que já conheceu e exatamente por isso está em uma ótima situação. O contrário também acontece. Alguém que mora na periferia, que não se veste tão bem, que sofre com dificuldade financeira, que pega 6 ônibus por dia, que tem 3 empregos e come em restaurantes populares pode ser a pessoa mais exibida, orgulhosa e fútil. Então a gente se engana o tempo todo. Por isso nem vale mais julgar pelo que uma pessoa aparenta ser. No curso os professores repetem a ideia de que nós alunos precisamos abrir a cabeça e não “engessar” conclusões precipitadas sobre alguém ou algo. E tem toda a razão, porque muitas vezes as pessoas provam ser o contrário do que imaginamos.

Cada um tem o seu jeito de viver que acredita ser o certo. Vejo que uns preferem colocar os filhos em escolas particulares porque acreditam que só assim terão uma boa educação e preparação para a vida. Outros preferem escolas públicas por falta de opção ou por acreditarem que só assim seus filhos saberão como realmente é a vida e se prepararão para enfrentar momentos difíceis. Não existe a opção certa, tudo vai depender desses filhos. Estudei a vida inteira em escolas públicas, algumas que pessoas julgavam serem as piores da cidade, mas nem por isso não tive uma boa educação, não conheci pessoas incríveis e não me preparei para vestibulares, entrevistas de empregos ou qualquer outra situação. O ensino pode ter sido fraco, mas sempre busquei algo a mais fora da escola. Sinceramente, acho que foi a melhor escolha que meus pais fizeram por mim e eu não mudaria se eu tivesse que escolher.

Se eu não soubesse o significado de humildade não sei quem eu seria. Tudo o que conquistei até hoje foi com ela como base. Não teria feito tantas amizades verdadeiras, não teria escolhido começar a trabalhar com 15 anos para poder ajudar nas despesas e contas em casa, não teria aberto minha loja com todo dinheiro que juntei do antigo emprego, não agradeceria todos os dias pela família que tenho, não conversaria com pessoas que nem conheço no ônibus ou na rua, não respeitaria pessoas mais velhas e muito mais experientes em alguns assuntos, não valorizaria cada centavo. Para mim humildade só é percebida nos pequenos momentos, quase insignificantes. Mas são neles que vejo o valor da vida.

Look: saia holográfica

December 18, 2014 em Looks

Hoje fotografei um look com uma saia holográfica incrível que recebi da marca Ethus, que para quem não conhece é uma marca fast fashion que tem loja exclusivamente online. Ela traz produtos cheios de estilo e com preços incríveis voltados ao público jovem. Conheci recentemente e já me apaixonei.

Combinei a saia com top branco, jaqueta de couro e sapatilhas. Como estava quente não tive coragem de vestir a jaqueta, mas também não queria tirar só fotos sem ela então a solução foi jogar por cima dos ombros. Assim deu um peso e deixou o look mais interessante. De acessórios optei pela clutch vintage na cor ouro que deu um toque de sofisticação, óculos redondo e anéis de falange. Achei legal que na sombra a saia parece prateada e quando bate o brilho do sol as outras cores aparecem.

Saia: Ethus - Top: Oasap - Jaqueta: Sheinside – Clutch: vintage – Óculos: Marisa – Sapatilhas: Satinato – Anéis: Oasap

Sempre tive vontade de ter peças metálicas e holográficas. Acho bem difícil de encontrar até mesmo em lojas internacionais e quando se encontra geralmente não estão com preços acessíveis. Então fiquei super feliz com essa saia da Ethus! Não achei difícil de combinar, porque como aparecem várias cores é só escolher peças em algumas dessas cores ou optar pelo preto, branco ou nude.

Acho que ficaria lindo se tivesse usado só peças brancas, até sapatos. Costumo usar muito preto e não gosto muito de cores super vibrantes, então às vezes sinto vontade de usar só peças brancas e em tons pastéis. Mas acabo sempre colocando um detalhe preto! Não consigo fugir totalmente.

Acho que o look sem a jaqueta fica ótimo como inspiração para o verão! Vocês gostaram? Espero que sim! Beijos.

Meus 5 batons favoritos

December 16, 2014 em Maquiagem

Hoje eu percebi que nunca tinha feito um post falando dos meus batons favoritos, então resolvi postar. Escolhi os 5 que mais gosto e que estou usando ultimamente. O legal é que eles são em conta e tem qualidade, por isso valem como dica e sugestão para vocês.

Eu não sigo regra do tipo “de manhã não se deve usar batom escuro e de cor forte”. Uso o que mais me dá vontade, independente da hora ou ocasião. Acho besteira rotular e impor regras, cada uma deve usar o que mais gosta. Às vezes misturo batons para variar a cor, porque nem sempre encontro aquela cor perfeita que imagino na cabeça. Desse jeito economizo e evito comprar muitos que nem vou usar.

1) Cor 02, Vult (vinho)

Faz tempo que tenho esse batom e gosto. As embalagens de alguns produtos da Vult mudaram, não são mais assim como da foto. Eu lembro que quando acabou o primeiro corri para comprar mais um porque não conseguia ficar sem. Amo esse tom de vinho, dura bastante nos lábios, acho a textura cremosa ótima e o cheiro bom. Não sei exatamente quanto paguei, mas acho que foi por volta de R$10. Tenho várias amigas que tem e são viciadas assim como eu! Tenho certeza que se você ainda não tem vai desejar logo! Vale a pena.

2) Allure, Contém 1g (nude)

Esse é o batom que uso todos os dias! Como vocês podem ver já está acabando, mas quando chegar ao fim vou comprar um igual. Ele dura o dia inteiro por causa da textura cremosa, hidrata bem e tem um cheiro gostoso bem leve. Foi o meu namorado quem me deu e fiquei impressionada que ele acertou na escolha! Nem faço ideia de quanto ele pagou. Só não ficou em primeiro lugar na lista de favoritos porque sou apaixonada pelo vinho mesmo não usando todos os dias.

Gosto mais desse batom nude do que gloss incolor, porque é menos grudento e brilhante. Acho que dura mais também e não irrita. Não sei se vocês são assim que nem eu que quando chega em casa tira o batom. Sinto que é como se fosse que nem sapatos, que preciso tirar quando estou em casa. Mas acho engraçado que esse não me incomoda e até esqueço que passei.

3) Aubergine, Payot (vermelho escuro, quase vinho)

Esse é parecido com o vinho da Vult, mas é mais puxado para um vermelho escuro meio marrom. Ganhei da minha irmã recentemente e já virou um dos favoritos. Ele tem uma textura levemente cremosa e bem fácil de aplicar, o cheiro é bem gostoso, dura bastante tempo (depois de muitas horas ele fica meio acumulado formando uns riscos, mas mesmo depois de comer e beber continua forte). Com eu já tinha visto o preço antes da minha irmã me dar posso falar: foi uns R$30. Nunca tinha usado um batom da Payot antes, mas adorei.

4) Forever Red, Maybelline (vermelho sangue)

Entre os vermelhos que tenho esse é o meu favorito. Adoro a textura bem matte que ele tem, a cor dura horas e horas, tem um cheiro gostoso como os primeiros e não incomoda depois de um tempo. Ganhei, mas sei que o valor foi mais ou menos R$20. Tenho outras maquiagens da Maybelline e gosto muito por causa da qualidade e preços acessíveis. Esse batom gosto de usar geralmente quando estou com pressa, porque só com ele já fico com outra cara e nem preciso caprichar tanto no olho.

5) Vinhete, Quem disse, Berenice? (rosa queimado puxando para o roxo)

Nas fotos a cor parece mais rosa e achei que ficou clara demais, porque pessoalmente é mais escura e roxa. Esse batom na verdade é da minha irmã, mas ela deixou eu usar. Talvez eu compre um para mim, porque amei. Ele é beeem cremoso, tem um cheiro gostoso e até que dura bastante horas. Acho que o valor é mais ou menos R$23, mas não tenho certeza. Na loja da marca fiquei um tempão olhando os batons, porque é uma cor mais linda que a outra! Tenho um outro meio cobre e textura matte que adoro também.

E esses são os que eu mais uso. Tem várias maquiagens que meu namorado me deu de presente que amei! Principalmente batons, ele sempre acerta na cor! Acho incrível isso, porque tem homens que nem reparam nas cores de batons que nós mulheres costumamos usar. Além disso, já ganhei alguns de pessoas conhecidas (mulheres) que não gostei. Acho que tenho sorte em ter um namorado que sabe dar o presente certo… e olha que não é uma tarefa fácil!

Como vocês devem ter reparado não tem batom da MAC nesse post e vou confessar que não tenho nenhum da marca. Já experimentei vários e gostei, o problema é o valor. Acho que tem muitas outras marcas que tem a mesma qualidade e fazem produtos com preços melhores. Acho que vale o investimento para quando se apaixona por uma cor bem diferente ou só gosta dessa marca.

Vocês tem algum batom desse post? E quais os seus favoritos? Comentem, beijos!

Inspiração de looks para festas de fim de ano

December 14, 2014 em Moda feminina

Esse mês é marcado pelas festas, tanto diurnas quanto noturnas. É o mês de comemorar o Natal e a virada de ano. Nessa época a gente sente uma vontade imensa de reunir a família, ver os parentes distantes, relembrar bons momentos e esquecer os ruins. Sempre vi o mês de dezembro como o mês de alegria onde todo mundo passa a ser mais solidário. Não sei se vou passar o Natal com a minha família aqui em casa ou com os parentes em São Paulo, mas sei que independente do local vou procurar caprichar no look, na decoração e no cardápio.

É sempre bom encontrar inspirações do que vestir em momentos especiais. O legal é deixar de lado as peças casuais que usamos no dia a dia e investir nas mais sofisticadas. Reuni nesse post uma seleção de produções para se inspirar e acertar na escolha dos seus looks para festas.

Separei mais ou menos as produções começando com as mais fresh de cores claras e terminando com as mais carregadas de cores escuras.

Vou fazer um outro post com inspiração de looks para o ano novo! Até lá se inspirem nesses três primeiros looks que fogem do branco total, mas continuam com a proposta de usar cores claras.

Durante o dia é legal investir em peças de cores vibrantes misturadas com neutras, com modelagens mais leves e fluidas. Evitem muito brilho, principalmente paetês. Geralmente é um churrasco ou um encontro mais simples entre amigos e família, por isso fica melhor montar looks divertidos e não tão sofisticados. Se quer dar um pequeno toque de elegância é só apostar em sandálias de salto, scarpins e pontos de luz com acessórios.

Destaque para o vermelho, que tem tudo a ver com o Natal e sempre marca presença:

Não que o vermelho seja a cor do momento ou a melhor aposta, só acho que o tom dos últimos três looks é incrível e perfeito para festas. Principalmente à noite, seja uma peça inteira ou só um acessório na cor, sempre fica elegante e sexy ao mesmo tempo. Vale apostar.

Vocês podem com certeza usar preto durante o dia, mas se tiver muito brilho, sobreposição e textura fica melhor à noite. Apostem em peças metalizadas, com paetês, rendas e transparências ou até lisas, no caso investindo nos maxi acessórios. Quem prefere looks minimalistas vale investir mesmo nos pequenos detalhes. Já para quem é mais ousada vale combinar peças de diferentes texturas e cores.

Quem fica em dúvida de como combinar tops/blusas com saias/shorts vale investir em vestidos e macaquinhos. Assim só vai precisar se preocupar com acessórios e jaquetas, se for usar. Se quiserem fugir do total black invistam no total white, que está em alta, ou peças brancas combinadas com nudes ou super coloridas. Na dúvida a gente acaba apostando nas peças pretas lisas, mas hoje não é regra usar só preto à noite e é legal fugir disso.

O post ficou longo, mas prefiro assim com bastante inspiração e dicas. Já decidiram o que vão usar nas festas? Comentem! Beijos.