A beleza das sardas

Square

Nem sempre o que achamos imperfeito em nós mesmos quer dizer também para os outros. Como as sardas, que geralmente quem tem não queria ter e quem não tem queria. Elas são um charme, como as pintas, linhas de expressões, covinhas e pequenas rugas, e viraram marcas registradas de algumas pessoas.

Já ouvi algumas pessoas implicarem com as sardinhas e que até sofreram bullying por isso. Acontece que ao invés de aceitar e ter orgulho do que faz parte delas sentem vergonha. Pois não deveriam. Não é um defeito, é uma qualidade. Quem não quer ter um rosto com a pele sem manchas? Todos querem, mas se seu rosto tem marcas de acne, pintas e sardas qual o problema? Aceitar e realçar o natural é a melhor escolha.

Bases de cobertura leve são perfeitas para minimizar a aparência dos poros sem apagar as sardas. Para quem tem e é adepta ao estilo retrô, o delineador preto, batom vermelho e muito rímel sempre ficam super bem, juntos ou não. Além disso protetores solares, peelings e muita hidratação (como em qualquer tipo de pele) é importante para suavizar as manchas e deixar a pele lisinha, invista.

Comment

6 Replies to “A beleza das sardas”

  1. Sardas ááh acho mto lindo *-* aki no Brasil é tão raro ….
    bjs

  2. Sou apaixonada por sardas e pintas , pena que é raro eu ter alguma das duas !

  3. Sarda já é a coisa mais charmosa do mundo em ruivas então *——-* Ai ruivas com sardinha inventam de passar batom vermelho MEODEUS é perfeição . Apaxonei nessa penúltima foto ?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *